Saiba como montar uma loja de bebê online em 2022

Se você consegue se enxergar como empreendedor na internet e está buscando como montar uma loja de bebê online, esta publicação poderá lhe ajudar muito em 2022.

De acordo com o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, nascem no nosso país algo como 4 a 6 bebês a cada 60 segundos e o gasto médio proporcional por cada um deles é de aproximadamente R$ 4.997,97. Este mercado vem tendo crescimento médio de quase 28% ao ano. É realmente uma área interessante a se explorar.

Acompanhe tudo e descubra nossas mais atuais dicas de como montar uma loja de bebê online para empreender de qualquer lugar do Brasil no ano de 2022.

O que é, afinal, a tal loja virtual?

Existem sites de várias categorias, com muitas finalidades diferentes, desde portais institucionais, até sites únicos para captura de contatos, as chamadas landing pages.

Os sites com intenção direta e primária em vendas de itens de serviços e/ou produtos, são chamadas de E-commerce (as lojas virtuais).

Qual a principal diferença entre portais comuns e lojas virtuais (E-commerce)?

loja de bebe online
Saiba como montar uma loja de bebê online em 2022 4

Enquanto os demais tipos de sites podem descrever serviços e/ou produtos, até mesmo catalogá-los, as lojas virtuais tem todas funções e estruturas necessárias para os pedidos propriamente ditos, incluindo:

  • Quantidade de itens de serviços e/ou produtos;
  • Processamento e computação de pagamento da compra (via boletos, PIX, TED, DOC, cartão de crédito, etc);
  • Cálculos de fretes com base no item escolhido (e quantidade final), entre outras coisas.

Como montar uma loja de bebê online em 2022?

Selecionamos as dicas indispensáveis para que se crie uma loja de bebê online de sucesso em 2022, partindo do zero. Confira agora.

Entenda quem é o público ideal (o avatar)

Muita gente quando se envereda no mundo do empreendedorismo pela primeira vez acaba por se lançar em mercados sem planejar antes, sem buscar entender o público comprador e também as perspectivas. É aí que está o maior de todos os erros, você precisa (antes) entender quem são as pessoas que representam o seu público comprador ideal.

Trazendo isso para o mercado infantil, é óbvio que os bebês não são os clientes, eles são os usuários. Todavia, as pessoas que primeiramente representam o avatar (o público alvo ideal) do mercado infantil são as mães, tias, avós, madrinhas, avôs, tios, padrinhos, primos e primas.

Essas são as pessoas que buscam na internet por opções de loja de bebê online – elas querem buscar as melhores roupinhas de bebê, focando sempre em custo-benefício, estilo e variedade, e também qualidade. Com essas informações você está pronto para construir sua esperada loja virtual infantil.

Monte a loja web

loja online
Saiba como montar uma loja de bebê online em 2022 5

Não importa se você tem 500 reais ou 20 mil reais em roupas de bebê, você precisa começar. Na hora de implementar a sua “baby store” você precisará buscar empresas ou profissionais com a competência necessária para configurar as funções e processos da sua loja de bebê online.

Não caia na bobagem de usar plataformas grátis ou sites genéricos em sub-domínios famosos, pois além de isso ser amador, não lhe permitirá gerenciar seu e-commerce com efetividade.

Atualmente, o sistema de sites chamado WordPress é uma das plataformas mais usadas no mundo para construção e implementação de sites, incluindo Lojas Virtuais. O número de sites que utilizam WordPress ultrapassam os 15.2 milhões, o que representa uma grande fatia dos portais online da world wide web.

Importante ter à disposição uma plataforma que facilite a gestão dos pedidos, pagamentos e emissão de documentações comprobatórias de compras, entregas e vendas.

Não é à toa que estamos enfatizando o WordPress, ele já tem plataformas específicas para e-commerces (com todas estas funções configuráveis).

Recomendamos que você crie sua loja infantil online utilizando esta tecnologia, pois ela é simples, intuitiva e de fácil manutenção. Você não carece de aprender a codificar linhas HTML para implementar suas lojas infantis online, tudo evoluiu muito e se tornou muito mais simples do que imagina.

Fatalmente, você terá algum tipo de investimento nesta etapa (se você nunca ouviu falar de WordPress terá que contratar um profissional, ou bater cabeça aprendendo sozinho pela internet).

Você terá que montar sua vitrine digital – sua loja infantil online profissional – onde constarão todos modelos, tipos, preços e demais detalhes dos produtos.

Além disso, há plataformas que têm integração com grandes marketplaces muito populares no Brasil, como Mercado Livre. Isso possibilita puxar todos seus produtos em estoque da loja virtual para dentro de suas contas no Mercado Livre (muito útil).

Vender pelo Instagram pode ser um caminho mais barato e útil, porém, é mais amador e não permite escalar sua loja na internet (aumentar em múltiplas vezes as suas receitas oriundas das vendas).

Por isso, somente agora vamos recomendar a criação de um perfil na gigante social media Instagram (deve ser mais um braço de seu negócio, e não deve substituir o portal web da sua loja infantil).

Cartão de visitas bem apresentável (redes sociais)

loja de bebe
Saiba como montar uma loja de bebê online em 2022 6

É um fato, quando alguém conhecer sua loja por pesquisas no Google (ou por indicação de alguém), ela irá logo nas redes sociais para averiguar a seriedade da marca. Você precisa investir tempo (e dinheiro, mesmo que pouco) em construir um bom perfil de sua loja nas principais redes sociais do Brasil (Facebook e Instagram para aumentar seguidores, pelo menos).

Tire boas fotos, invista em lugares e resoluções boas – preocupe-se em produzir um material visual de qualidade dos produtos para os babys. Além mais no Instagram, você deve postar conteúdos relacionados ao seu mercado, como enxoval, significado das cores nas roupinhas de bebê, roupas unissex, etc.

Use e abuse dos story (3 por dia, um em cada turno, no mínimo), mostre depoimentos de clientes, entregas, processo de logística, entre outras coisas. Se aproxime de seu público, interagindo com eles nos comentários, fazendo enquetes, abrindo perguntas, etc.

Sempre pense em diferenciais para sua loja, como ser mais criativo na entrega dos produtos (mandar uma mensagem personalizada para o baby do cliente, um doce junto com o produto, ou algo deste tipo). Coisas como esta vão te destacar e fidelizar seus clientes compradores.

Faça tráfego em massa (pago) para sua loja (Instagram / Facebook / Google)

Tráfego é a frequência das pessoas na internet. Hoje, as plataformas que mais geram tráfego na internet são:

  • Youtube,
  • Facebook,
  • Google,
  • Instagram.

Existem outras várias plataformas digitais sociais com alto potencial, como o Pinterest. Todavia, apenas com as 4 acima você pode alavancar sua loja de bebê online de uma forma assustadora.

Acontece que se você tentar apenas atrair as pessoas de forma orgânica (naturalmente através de suas publicações, sem investimento) você fatalmente ficará frustrado e não construirá nada. E é aí que entra o tráfego investido (pago).

Você pode fazer com que dezenas, centenas, e até milhares de pessoas altamente interessadas em roupas de bebê entrem em sua loja infantil online através de um pequeno investimento que pode começar em, apenas, 100 reais, por exemplo.

Dá pra aparecer em cidades, estados ou até bairros específicos. Dá, ainda, pra escolher critérios como idade, interesses, faixas salariais, sexo e muito mais.

O poder de segmentação nestas plataformas é profundo e poderoso, fazendo com que você aumente as chances de aparecer para os possíveis compradores – e vice-versa (não aparecer para os não interessados em roupinhas de bebê).

Saiba definir os preços dentro do mercado e gerencie bem seu business

Aqui entra o gerenciamento financeiro: Você precisa ter o total consentimento de seus custos e de suas receitas. Muitos empreendedores e empresários se perdem no caminho simplesmente porque não relataram todos os valores que saíram e entraram em seus negócios desde o seu nascimento.

Hoje, existem dentro dos sistemas para e-commerce já citados, ferramentas de gestão já integradas, onde você poderá acompanhar seus custos e também seus rendimentos brutos e líquidos.

Ademais, cuide de inovar, de buscar fornecedores de peças pouco vendidas e conhecidas, novidades no mercado que te permitam ser exclusivo (ou pouca concorrência). Outra grande possibilidade é ter sua própria confecção, contudo, sabemos que isso é financeiramente exigente.

Por fim, entenda que praticar valores fora da atmosfera do mercado brasileiro é “business suicídio”, ou seja, não adianta praticar tudo que recomendamos se não tiver ótimos produtos com excelentes preços; tudo bem?

Esperamos que você faça de 2022 o ano de grandes resultados no empreendedorismo online. Bons negócios!